A Morgana, nossa leitora, nos enviou esse relato lindo de como ela iniciou a horta em casa.

Veja e inspire-se!


Nossa horta em família

morganaMeu nome é Morgana Barcelos Seibel, moro em Sapiranga-RS.

Sou nutricionista, formada há 12 anos, mas mesmo com minha formação acadêmica, nunca tive o hábito de cultivar meus próprios alimentos.

Enquanto solteira, trabalhava muitas horas por dia, dificultando ainda mais o surgimento dessa prática tão saudável.

Então o tempo passou… casamento… filhos… e claro, o instinto materno falou mais alto…
Quando meus filhos já estavam com 5 anos (Augusto) e 2 anos (Eduardo), percebi que havia chegado o momento em que eu e meus filhotes nos dedicaríamos a cultivar alguns alimentos na nossa HORTA!

Mãe sempre pensa no melhor para o seu filho e o que mais queremos? Vê-los saudáveis, claro!!!
Para isso, nada melhor do que mostrar de onde vem as vitaminas e minerais necessários para um bom desenvolvimento.

Então, mamãe Morgui foi atrás das informações básicas:

  • Como cultivar uma horta em casa?
  • Como fazer com que meu filho tenha interesse por essa prática?
  • Quais os alimentos a serem plantados na época em que iniciaríamos nossa horta?
  • Quais os alimentos que se desenvolvem mais rápido, para que eles logo visualizem essa maravilha que teríamos em nosso lar?

Essas foram apenas algumas das perguntas, pois eram muuuuuuuuuitas dúvidas… (marinheira de primeira viagem!!!)

Após comprar o que eu necessitaria para um início e após papai Luciano ter investido nas sementes (comprou em torno de 40 embalagens diversas… e isso era pra ser apenas o início… hehehe), mãos à obra!

Definimos o local, onde o solo receberia sol e/ou chuva…
Deixamos esse local mais elevado, pois nosso terreno não escoava a água o suficiente…


Escolhemos como seriam os locais onde receberiam a terra adubada e posteriormente as plantinhas…
Fizemos um sementeiro…


Aguardamos o momento ideal para replantarmos no local escolhido e…
Cuidar e esperar as plantinhas crescerem e tornarem-se nossos alimentos preferidos…

9 sanduba com alface da hortaEssa experiência foi muito válida! As crianças curtiram cada momento… Auxiliavam em tudo… Mas quando chegou a hora da primeira colheita, foi muita emoção! Eles nunca haviam comido tanta salada… “sanduíche com alface da minha horta, que delícia!” dizia Augusto… Claro que a família toda estava envolvida e feliz com o resultado, mas aquelas carinhas felizes compensaram cada esforço!

Então, se um conselho eu pudesse dar às mamães e papais que se preocupam com a alimentação dos seus filhos, desde pequenos, esse seria:

Dediquem-se um pouquinho, mesmo que seja num espaço pequeno, em casa ou apartamento, mas a alegria de ver eles participando e tendo interesse em entender como tudo começa, na natureza, é fantástico! Os hábitos se criam desde a infância e nós temos uma grande parcela de contribuição!

Morgana, Augusto, Eduardo e Luciano

Morgana, Eduardo, Augusto e Luciano